DM #34 – Dance como se ninguém estivesse olhando

Tempo de leitura: 2 minutos

Dance como se ninguém estivesse olhando. Essa frase é bem conhecida, mas poucos entendem que ela carrega um conceito muito poderoso: controlar o medo de ser julgado pelos outros.

Nesse episódio do Desenvolver Mindset, eu falo sobre uma situação engraçada que aconteceu comigo (e que talvez já tenha acontecido com você) e que é um ótimo exemplo disso.

Você vai entender como o medo do julgamento das outras pessoas pode prejudicar o seu desempenho profissional, e o que você pode fazer pra evitar esse problema.

Depois de ouvir, deixe um comentário abaixo pra registrar a sua opinião sobre o assunto, eu adoraria saber!

Abraço!!

Principais insights desse episódio

Essa seção é uma transcrição dos insights mais importantes deste episódio, pra quem está sem tempo (ou sem saco) de ouvir tudo.

Às vezes você precisa se dar o direito de dançar como se ninguém estivesse vendo, de cantar como se ninguém estivesse escutando, de fazer as coisas sem julgamento.

Na área de TI tem muito disso, a gente acaba julgando muito algumas coisas. Principalmente quem trabalha com código, acaba tendo contato com a idéia de outras pessoas: como ela pensa, a forma como ela monta o seu raciocínio lógico.

Nem sempre o seu ponto de vista é o melhor.

Como uma forma de aprendizado, é interessante que você comece a observar com esse olhar não crítico, de não julgar.

Isso é uma coisa interessante que o pessoal do teatro exercita, o palhaço exercita, de não se sentir julgado, de conseguir fazer algumas coisas sem pensar se as pessoas vão te achar idiota.

Pra você conseguir tirar o seu melhor, tirar aquilo que tá dentro de você e que é bom pra caramba, você precisa expor de alguma forma. Só que a gente tem medo de se expor, se expor ao ridículo, às críticas.

É um bom exercício trabalhar a sua cabeça pra que você consiga receber os feedbacks da melhor forma, sejam eles bons ou ruins.

Não adianta nada ter uma idéia genial se você não compartilha ela com ninguém. Você precisa expor aquilo que você sente, expor as coisas que você acha, a sua opinião.

Às vezes você vai falar e não vai ser bem recebido. E daí? É a forma como você lida com isso que faz de você uma pessoa diferenciada.