DM #25 – Mindset de abundância

Tempo de leitura: 2 minutos

O seu mindset é baseado em escassez ou abundância?

Num primeiro momento todo mundo imagina que abundância é melhor, mas a verdade é que nem sempre isso se reflete em nossos atos. No trabalho, muitos preferem a escassez: ser o único que conhece determinado assunto, não ter concorrência, oferecer produtos exclusivos que tem poucas unidades.

Neste episódio do Desenvolver Mindset, você vai entender como o pensamento orientado a abundância pode te ajudar a evoluir mais rápido. E, embora não seja o foco desse episódio, você também vai saber o que eu acho sobre a regulamentação das profissões na área de TI.

Não se esqueça de deixar um comentário abaixo com a sua opinião, assim você me ajuda a saber se esse conteúdo te ajudou ou não.

Abraço!!

Principais insights desse episódio

Essa seção é uma transcrição dos insights mais importantes deste episódio, pra quem está sem tempo (ou sem saco) de ouvir tudo.

Quando a computação começou a se democratizar, a ficar mais disponível, mais acessível pras pessoas, a área avançou muito.

A natureza da computação precisa ser livre pra que a gente consiga evoluir mais rápido.

Muitos defendem a regulamentação da profissão de TI com o argumento que as empresas estão pagando pouco porque as pessoas estão aceitando, se ninguém aceitar elas serão obrigadas a aumentar o valor da hora. Só que, como tem muita gente que era fisioterapeuta, era vendedor de garrafinha de refrigerante e ganhava R$ 1.500 por mês, quando entra na área de TI vai ganhar R$ 4.000 e acha que é um puta salário, afinal é o dobro do que ganhava antes.

Já vi várias discussões nesse sentido, e uma coisa muito ruim nesse tipo de pensamento é o mindset de escassez: pensar que, se tiver pouco profissional a mão de obra vai ser escassa e a gente vai ganhar mais dinheiro. A longo prazo isso não é sustentável.

O mundo precisa de programadores, precisa de profissionais de TI, então não faz sentido restringir.

Esse mindset de escassez é ruim em todos os sentidos, a gente sempre precisa pensar em abundância.

Quem garante que um gênio de 12 anos vai conseguir entrar na área se tiver essas restrições (se precisar de diploma)? Porra, eu quero muito que esse moleque entre na área! O fato de ele estar lá faz todo mundo se coçar, e isso é bom pra todos.

Quanto menos profissionais tiver na área, mas fácil vai ser pra você se encostar.

Quanto mais gente nova tiver entrando (mais gente despreparada, inclusive), mais aquele profissional que se dedica, que tenta se especializar, vai ser recompensado.

Se você tá reclamando de salário e emprego, pode ser que é porque você não está com a sua empregabilidade afiada, com o repertório bem montado.